Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

lifeInc.

O Life Inc é um blogue com dicas sobre beleza e cosmética e reviews de produtos. Queres estar a par das últimas novidades em maquilhagem e cosméticos? Maquilhagem Cosméticos Skincare Lifestyle

Coisas que não entendo #14

Acho que esta se vai tornar uma rubrica semanal, tal a quantidade de coisas que não entendo neste Mundo. Mas a notícia que hoje venho comentar deixou-me para além de perplexa... fiquei mesmo revoltada.

 

Parece que há funcionárias que estão a ser chamadas aqui no Centro Hospitalar do Porto para comprovarem in loco se estão a amamentar ou não. O título da notícia "Mulheres forçadas a espremer mamas para comprovar que amamentam" poderia ser sensacionalista mas infelizmente resume mesmo a perseguição que estas mulheres estão a sofrer.

 

Saliento que isto se passa no meio hospitalar - os supostos hospitais amigos do bébé e consequentemente a favor da amamentação. Pelos vistos, deve ser só fomentada a amamentação das utentes e não das funcionárias. E ainda digo mais, a OMS aconselha a amamentação até aos 2 anos pelo menos, logo não é de admirar que muitas mulheres hoje em dia cumpram esta meta ou vão além dela. Se a partir do ano de idade é necessária apresentar uma declaração médica mensal a comprovar a amamentação, não compreendo muito bem a necessidade de pedirem às funcionárias este tipo de "prova". Acho que isto não passa de "bulliyng" laboral que pretende desencorajar as mulheres a prosseguirem com o pedido de dispensa, já que de 3 em 3 meses serão chamadas para dar conta se têm leite ou não. Sou só eu que acho isto um atentado à dignidade de qualquer mulher e uma forma de violência? Não há nada na legislação e no Código do trabalho que obrigue as mulheres a submeterem-se a este tipo de humilhação, mas obviamente as chefias não estão minimamente preocupadas com tal.

 

Num país em que a taxa de natalidade cada vez diminui mais, este tipo de atitudes leva-me a pensar que em vez de progredirmos no campo da parentalidade cada vez estamos mais atrasados. Segundo o artigo um terço dos profissionais inscritos na Ordem dos Enfermeiros terão sido pressionados a não gozarem em pleno os seus direitos parentais. Ora isto é grave, muito grave. Já somos um país envelhecido e caminhamos para muito pior. Pergunto-me eu onde andam os incentivos à natalidade anunciados pelo governo? Ficaram em águas de bacalhau? Ou resumem-se ao noticado há uns dias em que pais e avós poderiam trabalhar a part time até aos 12 anos da criança, vendo os seus ordenados reduzidos proporcionalmente? Quem se pode dar a tal luxo?

 

Às vezes tenho vergonha de ser portuguesa.

 

xoxo

cindy

Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita).

Happy

Está sol, os passarinhos chilreiam, e o meu projeto de que falei aqui foi finalmente aprovado!!! OLARILA!!! Tardou mas ao menos foi positivo!!!

 

A ver se me lembro mais vezes disto quando ando em stress desvairado!

 

images.jpg

E finalmente posso deliciar-me com a parte dos acabamentos e pormenores que é o que eu mais gosto!

 

xoxo

cindy

 

 

 

Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita).

Busy, busy, busy

O trabalho continua a ser muito e por isso mal posso esperar por entregar este licenciamento e gozar de umas merecidas mini férias no fim de semana da Páscoa!

 

Se vos disser que demoro mais tempo a preparar toda a papelada escrita que acompanha um projeto do que a fazer o projeto propriamente dito não acreditam, pois não? Ainda por cima, houve recentemente alterações à legislação e o que vigorava há uns tempos agora é diferente, obrigando a todo um trabalho burocrático que eu dispensava sinceramente. E atenção que eu até me acho organizada e informada nesse aspeto... há colegas completamente a leste que nem se dão ao trabalho de estarem atualizados. É pena na faculdade não haver uma cadeira de modus operandi que ensine a parte burocrática da nossa arte e informe acerca da legislação em vigor. É certo que as coisas estão sempre a mudar mas deveria mesmo haver um cheirinho neste aspeto porque depois as pessoas são confrontadas com estas "surpresas" aliadas à profissão que nem sabiam que existiam!

 

Portanto neste momento o ar da minha secretária é mesmo este caos!

 

IMG_2679[1].JPG

Espero hoje deixar tudo o mais pronto possível para começar a ultimar os preparativos!!!

 

xoxo

cindy

Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita).

O melhor do meu dia # 24

Pessoas queridas não se assustem que não desapareci mas entre a carga de trabalho com que estou, com algumas surpresas à mistura, e o estado adoentado, não tenho conseguido ter tempo para escrever...

 

Aliás tempo é coisa que não abunda por estes lados e me tem deixado com vontade de fugir... Ontem foi um dia especialmente complicado. Na segunda tive uma reunião aqui em casa e a Pinypon portou-se exemplarmente, sossegadinha e muito simpática. Pois que ontem soltou o diabinho que há nela e fez-me a vida negra. Cheguei a um ponto com a sensação que tinha passado o dia a berrar e a ralhar e detesto isso.

 

Mas depois de acordar da sesta refugiou-se no meu colinho e aconchegada voltou a adormecer... E bastaram esses minutos para fazermos as pazes.

 

11018372_749210288511611_1839931218_n.jpg

 

xoxo

cindy

15969654_iyodo.png

 

 

 

Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita).

Ossos do ofício

Eu detesto alturas... a sério, subir à Torre Eiffel e ao Empire State foram experiências penosas para a minha pessoa. Bem sei que o truque é não olhar para baixo mas fica difícil. E o mais ridículo é que tanto faz que seja uma grande altura como subir como trepar pelo escadote acima ou pôr-me em cima de uma cadeira.

 

Agora vejam o quanto isto complica a minha prestação profissional quando vou a uma obra. Já me aconteceu ter de subir 4 andares pelos andaimes a braços. E o pior não foi subir, foi mesmo descer. Já andei num daqueles elevadores das obras - aberto e arejado - num edifício de 19 andares... a vista era fabulosa e foi o que me valeu - fui sempre a olhar em frente. Há uns tempos tive de fazer verdadeiras acrobacias e enfiar-me por um buraco minúsculo de acesso a uma cobertura que aparentava estar a cair de podre, isto em plena Baixa do Porto e num edifício com 5 andares... Obviamente que não posso dar parte de fraca, já não basta o complexo machista que impera neste mundo da construção civil. Mas fico sempre em pânico e às vezes tenho mesmo de escusar-me de fazer estas acrobacias. No outro dia tive de deixar de aceder a um sotão porque simplesmente as minhas pernocas não alcançavam o acesso à cobertura. Lá teve de ir o engenheiro fazer a reportagem fotográfica e as medições. E eu gostava de saber o que passa ela cabeça quem faz estes acessos aos vãos do telhado com umas medidas de top model. Uma vez vi um empreiteiro preso num deles, o senhor tinha um perímetro abdominal mais generoso e foi um problema. A sério que pensei que íamos ter de chamar os bombeiros... Basicamente só me falta fazer isto:

 

overcome-your-fear-of-heights.jpg

 Quem mais dispensa alturas?

 

xoxo

cindy

Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita).

Arre, é que não mata mas mói!

Uma pessoa entrega um processo de licenciamento numa câmara deste nosso país à beira mar plantado em meados de Novembro. Não fica propriamente aqui ao lado, ainda são uns 50km.

 

Vai-se lá uma primeira vez em busca de um requerimento tipo que indique o que é necessário entregar e indicam-nos o decreto-lei que de direito regula os documentos necessários para licenciamento. Muito bem, é só consultar e entregar os documentos indicados na legislação. Assim se faz e um mês depois vem uma notificação que falta documento x - Ah mas o documento x não está no decreto-lei. Pois, mas tem de entregar. Lá se vai entregar. É desta? Pois que não é porque indicaram o modelo errado e é necessário fazer uma alteração. Será que à terceira é de vez? Pois, também não porque entretanto a declaração da ordem dos arquitetos que é semestral caducou no final do ano e nós queremos mas é uma atualizada.

 

Só vos digo que nunca vi semelhante... Ora vejamos, Novembro, Dezembro, Janeiro e Fevereiro e o meu rico projeto ainda não está em apreciação. Não adianta reclamar, é assim e pronto. De cada vez que se anexa um documento paga-se 5€ de taxa, portanto está-se mesmo a ver o esquema para encher os cofres da câmara. Uma vergonha, é o que é. Depois admiram-se que as pessoas façam obras ilegais, tal é o tempo dispendido, o dinheiro envolvido e a burocracia associada. Sem falar do desgaste que é estar constantemente a faltar coisas, parece que é incompetência do projetista quando não tem culpa nenhuma.

 

Senhores, para quando uma legislação NACIONAL, sem variantes regionais e tretas afins. E para quando uma tabela de taxas NACIONAL, sem ser à vontade do freguês, neste caso, da tesouraria? E já agora, porque não implementar o licenciamento digital por esse país fora?

 

Estou pelos cabelos, &%$%#""!#/&())=(=? para isto.

 

xoxo

cindy

Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita).

Happy

Sexta-feira não consegui passar por aqui. Foi um dia atarefado entre e-mails e pesquisa de materiais, dar algum apoio à manocas que transformou a minha sala num verdadeiro estaleiro de maquetes e adiantar o meu próprio trabalho.

 

Mas podem-me dar os parabéns porque consegui o tal projeto de que vos falei. Trata-se de uma remodelação de um prédio na Baixa, incluindo ampliação para criar mais um apartamento. Vai ser um desafio sem dúvida mas cá estou eu felicíssima com esta boa nova! E venham mais que eu aguento! Quem quiser acompanhar estas minhas andanças e os projetos em curso pode fazê-lo aqui. Já agora partilhem e façam like :)

 

Não estranhem por isso eu andar um pouco mais ausente mas felizmente ando mesmo ocupada. É por uma boa causa!

 

xoxo

cindy

Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita).

Breves #2

Pois que ontem correu bem, o senhor ficou de dar resposta até ao final da semana. Espero que seja positiva porque vem mesmo a calhar. Se não houver trabalho não há divulgação, não há clientes novos etc. É todo um ciclo vicioso que parece não ter fim. E o frio que eu apanhei à espera do senhor? Estava um vento gelado aqui no Porto, parecia que me estavam a espetar agulhas na cara...

 

Ontem depois da reunião ainda tive consulta no dentista, tenho os meus dentes numa miséria e já vou no terceiro dente a tratar. Desta vez foi mesmo preciso anestesia para tratar a cárie e vim de lá com aquela sensação de boca ao lado. Também vos acontece? Agora estou aqui sem conseguir comer direito... dieta forçada portanto :)

 

Hoje é dia de tratar da quantidade abismal de roupa que se acumula na lavandaria e de fazer algumas arrumações. Já percebi que hoje estou em modo organizador portanto é de aproveitar para arrumar e planear.

 

Boa quinta-feira!

 

xoxo

cindy

Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita).

Breves

Que dia chocho... tudo molhado lá fora e um céu bem carregado de nuvens.

 

Logo tenho reunião com um cliente, a ver se ganho este projeto e tenho uma boa notícia. Tem sido difícil mas espero que este ano traga melhorias neste aspeto. O setor da construção está na cepa torta, não ata nem desata. As únicas boas notícias são os incentivos para a reabilitação - que eu insisto ser o caminho - e novas regras comunitárias para a eficiência energética - o que espero que me traga mais obras de reabilitação de fachadas. Incrível a quantidade de gente que pensa que um arquiteto só serve nos casos em que é preciso licenciar alguma coisa... sou constantemente confrontada com verdadeiros atentados à arte de projetar e acho que as pessoas só tinham a ganhar se deixassem de achar que são "artistas" e delegassem em quem realmente percebe do assunto.

 

Não está fácil mas em frente é que é o caminho.

 

xoxo

cindy

Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita).

Dia não

Hoje escrevo-vos via sofá. Estou tão mal disposta que tive mesmo de me instalar por aqui para ver se ao menos consigo tratar de alguma coisa à distância. É a maravilha das novas tecnologias.

 

Ontem foi um dia louco, a juntar a tantos outros que tenho tido nos últimos tempos e claro, o corpo ressente-se disso. Tratei de mil e um assuntos. Organizei outros tantos. Estive a decorar as compotas para os cabazes, fruto da produção em massa de domingo à tarde. Deixei a Pinypon com a avó e fui  uma obra. Vim de lá com alterações necessárias que tinham de ser feitas ainda ontem para hoje de manhã estarem em obra. Passei no supermercado enquanto tratava de outra obra ao telefone. Cheguei a casa e bora fazer as alterações. Miss Pinypon começa a chorar porque o Mickey ralhou ao Pluto no episódio de Natal. Vem para o meu colo e a rentabilidade baixa. Como tenho ali abóbora para alimentar um regimento e já não consigo congelar mais, fiz mais uma variante, desta vez com amêndoa e especiarias. Enquanto a compota estava ao lume, fiz as alterações aos desenhos. Finalizei a compota e nisto eram horas de jantar ( à pressa). Hora de enviar e-mails a todos os intervenientes. Deitar a Pinypon e ainda rever os assuntos a tratar hoje. Acordar de madrugada com uma Pinypon chorosa e molhada. Mudar a cama toda, sentir a garganta a doer e voltar para o quentinho da cama. Acordar com uma valente enxaqueca e dores de garganta.

 

E aqui estou eu. Mesmo assim, já tratei dos assuntos necessários, valha-nos o pc, a internet e o telemóvel. Fica a faltar ir aos CTT e comprar a última prenda de Natal. Mas já não vai ser hoje... Vou aproveitar o miminho da minha Pinypon que sabe sempre bem :)

 

xoxo

cindy

 

 

 

 

Se gostaram de ler este post e não querem perder pitada das novidades aqui no blog, basta subscrever o blog por e-mail e seguir-me nas redes sociais Instagram e Facebook ( tudo na na barra lateral direita).

Meet the Blogger

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contato de e-mail

daybiday@sapo.pt

Parcerias

LojaZero.com?s=MartaDAlte
@life_inc_blog

Calendário

Dezembro 2023

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31